sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Medo

Dizem que o medo não existe, Mas eu sinto-o colado a mim. Porque criaram este monstro Sinto-o aproximar-se lentamente. Arrepio-me numa aflição sem fim, Fico sem ar, sufoco completamente. Tremem as mãos e o coração acelera Olhamos em redor mas nada vemos, Nem sabemos se ele está dentro de nós. Vírus maldito, mata-nos sem querermos, Não respeita as leis de Deus que temos E de dor e tristeza definhamos sós. "Vá de rectro" covid,coronavirus. Vai para a terra que te criou. Vieste para assassinar a humanidade sem tiros. Vai para quem sem alma te projectou. Guerras bacteriológicas trazidas em pós E que morra de vez sem mais suspiros. Leiria,15/01/2021 Zitocoelho

17 comentários:

  1. Pois é, Amigo. O medo existe para avisar quando "algo" ou "alguma coisa" não é, ou está, normal. O segredo é saber "escutar" o que ele nos tem para dizer e... prevenirmo-nos com os meios que dispomos.
    Estamos juntos "nisto". Compreendo-te e, também, sou Combatente nesta Guerra.

    Abraço
    SOL

    ResponderEliminar
  2. Muito bem escrito, amigo Luís.
    Porém antes com medo do que sem ele, é por isso
    que gosto de o encontrar por aqui, sinal de que
    se encontra bem...
    Bom domingo, em casa. Beijinhos para todos vós.
    ~~~~~~

    ResponderEliminar
  3. Aprendemos a conviver com o medo ao longo da vida, mas esse que hoje nos assola é assustador. Se ele apenas nos levasse a seguir orientações, mas vai além disso, pois tudo nos traz insegurança. Abraço.

    ResponderEliminar
  4. Olá! vim fazer uma visitinha... adorei o seu blog. Venha conhecer o meu também: https://mundomagicodalisa.blogspot.com/
    Já estou seguindo você! um grande abraço e uma excelente tarde. Lisa.

    ResponderEliminar
  5. https://www.youtube.com/watch?v=KgNfplJUNHw

    ResponderEliminar
  6. Os números em Portugal são brutais e assustadores.
    E o desrespeito também.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  7. Está a ser difícil. E temos medo. Mas não podemos perder a esperança e a coragem.
    Cuide-se bem.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. Relendo e meditando na situação que nos é imposta.


    Abraço
    SOL

    ResponderEliminar
  9. Exteriorizá-lo desta forma é já, uma forma de o controlar.
    Vim ter aqui através do blogue do "Sol da Esteva", gostei do que li.

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. A ordem é não baixar a guarda e que Deus nos proteja.

    Saúde e abraços para todos vós.
    ~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  11. Bom dia poeta Zito
    Uma situação caótica em quase todos os cantos.Vale manter viva esperança de que tudo vem e tudo passa.
    votos de feliz fim semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. ...Por estes dias ainda acabamos por ter medo de ter medo.

    Abraço, Luís Coelho.
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
  13. Estimado amigo.
    Venho desejar-lhe um Dia da Mulher muito carinhoso e dias de paz e esperança.
    Meu abraço de muita e sincera amizade.
    ~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  14. Venho agradecer e desejar uma feliz primavera, com o fim do pesadelo...
    E venham poemas, trovador!
    Tudo pelo melhor, amigo. Um abraço. 🍀🌼
    ~~~~~~

    ResponderEliminar
  15. Os inimigos invisíveis e silenciosos são os piores.
    É preciso não desanimar e manter a esperança sempre viva.
    Abraço solidário.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  16. ... apenas para te fazer companhia. Dizem que a companhia de um pequeno animal é suficiente para tirar medos.
    Que tenhas uma Santa e feliz Páscoa.

    Abraço
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
  17. Estimado amigo.
    Uma santa e feliz Páscoa, para toda a família,
    apesar das circunstâncias. 🍀🌼💚✌
    Em recesso, mas por perto. Abraço.
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar